Recife, Sexta-Feira, 1 de Janeiro de 1999

Pistoleiro incrimina deputado

"Chapéu de Couro" diz que Talvane queria matar irmão de PC Farias

MACEIÓ - O superintendente da Polícia Federal em Alagoas, delegado Bergson Toledo, informou que o pistoleiro Maurício Gomes Novaes, o "Chapéu de Couro", apresentou-se, em São Paulo, ao delegado da PF Gustavo Gominho. Ele adiantou que "Chapéu de Couro" confirmou a denúncia feita pelo deputado federal Augusto Farias (PFL), contra o deputado federal Talvane Albuquerque (PFL), que é também acusado de mandar matar a deputada estadual Ceci Cunha (PSDB).

Em depoimento às autoridades federais, Farias acusou Albuquerque de ter tentado contratar pistoleiros para matá-lo e disse que ficou sabendo da trama através de "Chapéu de Couro". Para o delegado Bergson Toledo, a apresentação do pistoleiro representa um "efeito político muito forte", que poderá facilitar a quebra da imunidade parlamentar do deputado Talvane Albuquerque.

De acordo com o depoimento do deputado Augusto Farias, Albuquerque teria convidado "Chapéu de Couro" para matá-lo porque queria assumir o mandato de deputado federal a todo custo, já que nas últimas eleições tinha ficado como primeiro suplente da coligação. "Eu não tenho dúvida de que, não conseguindo me matar, o deputado Albuquerque tramou a morte da deputada Ceci", acusou Farias.

Segundo o superintendente Bergson Toledo, "Chapéu de Couro" não está preso porque não existe mandado de prisão. "Ele se apresentou espontaneamente e disse que precisava da proteção da polícia porque tem medo de morrer como queima de arquivo", afirmou Toledo, que não quis confirmar se o pistoleiro se encontra em Maceió. Segundo uma fonte da Polícia Federal, "Chapéu de Couro" desembarcou em Maceió na quarta-feira pela manhã, acompanhado do delegado Gustavo Gominho. Sobre o que teria falado ao delegado, Toledo disse que ele garantiu não ter nenhuma ligação com os pistoleiros que assassinaram a deputada Ceci, mas que pode ajudar a polícia a identificá-los, já que conhece muita gente nesse meio.

Briga de assaltantes salva casal

RIO - Uma briga entre dois assaltantes livrou um casal de uma situação imprevisível, no último dia do ano, na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade. Eduardo Monteiro Silva e Andréa Nóbrega Mendes, deixavam a avenida Sernambetiba, quando foram dominados pelos ladrões e colocados no banco traseiro do carro. Um dos assaltantes assumiu a direção do veículo e mais adiante começou a discutir com o comparsa, que o matou com três tiros. Desgovernado, o carro bateu numa pedra e o assassino fugiu. O casal deixou o carro e procurou socorro num hospital próximo.

Cidade enfrenta doença misteriosa

TAQUARITUBA - Uma doença até agora não identificada causou a internação de 17 pessoas nos últimos 15 dias em Taquarituba, a 320 quilômetros de São Paulo. A cidade tem 21 mil moradores e está em estado de alerta sanitário. A Secretaria Municipal de Saúde está pedindo à população para ter cuidado com alimentos de origem duvidosa, ferver a água e evitar contato com animais domésticos. Segundo o secretário Manoel Campos Júnior, os doentes apresentam febre contínua, dor de cabeça, dores nas articulações e, em alguns casos, sangramento urinário e alteração hepática. "São sintomas comuns a várias doenças, daí a dificuldade em identificar o agente, sem exames mais especializados", disse.

Amostras de sangue dos doentes foram enviadas ao Instituto Adolpho Lutz, de São Paulo, mas os primeiros resultados só vão sair na próxima semana. A primeira suspeita dos médicos recaiu sobre a dengue. Uma equipe da Superintendência de Controle de Endemias (Sucen) fez uma varredura na cidade e não encontrou o mosquito transmissor.

SINTOMAS - A leptospirose, doença causada pela urina de ratos, também tem sintomas parecidos. Sua ocorrência está relacionada a enchentes. "Mas não tivemos enchentes e os casos estão ocorrendo na região central, envolvendo pessoas da classe média", disse.

Outra suspeita é de toxoplasmose, transmitida por animais domésticos e aves, como o pombo. Um dos casos, num primeiro exame, apresentou sorologia positiva dessa doença, mas a confirmação só pode ser dada após um segundo exame. A doença raramente incide na forma de surto, como ocorre na cidade.

Segundo o secretário, os pacientes não correm risco de vida, mas tornam-se bastante debilitados em razão da febre contínua. Eles estão sendo tratados com antitérmicos e antibióticos. Enquanto não for identificada a causa, não podem receber alta médica.

CD campeão de vendas

SÃO PAULO - O CD Um sonhador, da dupla sertaneja Leandro e Leonardo, lançado logo após a morte de Leandro, em junho, é o provável campeão de venda de discos do ano de 1998: teria vendido cerca de 3 milhões de cópias. O CD de Leandro e Leonardo é seguido de perto pelo disco Músicas para louvar o Senhor, do padre Marcelo Rossi, cujas vendas chegaram a 2,8 milhões de exemplares. Apesar disso, a indústria fonográfica brasileira sofreu uma queda de faturamento de 17% no ano passado.

Criada Agência de Vigilância Sanitária

BRASÍLIA - O governo criou, por medida provisória, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, que vai controlar o setor em todo o país e cobrar taxas mais altas pela prestação dos serviços. Caberá a ela regulamentar e fiscalizar a produção e venda de medicamentos, alimentos, cosméticos, equipamentos e material médico-hospitalar, órgãos e tecidos humanos e veterinários, além de cigarros e outros produtos do gênero. A agência terá autonomia administrativa e financeira e sua criação foi apressada pelas descobertas, ao longo do ano, da fabricação de remédios sem eficácia ou prejudiciais ao tratamento médico de pacientes, por falhas e negligência de laboratórios com registro no Ministério da Saúde.

Fale conosco diario@dpnet.com.br

MAPA BRASIL ECONOMIA ESPORTES HISTÓRIA HUMOR
INFORMÁTICA INTERIOR MUNDO VEÍCULOS VIAGEM VIDA URBANA VIVER