Recife, Sexta-Feira, 17 de Abril de 1998

Comidas com nomes famosos

Restaurantes colocam nomes de personalidades em seus pratos para atrair clientes

O conforto e a qualidade da comida não bastam para alguns restaurantes. Além de procurarem oferecer esses itens, preservam o costume de homenagear personalidades, colocando seus nomes em uma das opções do cardápio. O prato escolhido para o batismo, geralmente aquele que a pessoa em questão mais gosta, dá um certo charme ao cardápio.

Uma das casas que seguem esta tendência é a Freguesia do Poço, em Casa Forte. Lá, o proprietário José Antônio de Holanda montou o cardápio com pratos que levam nomes de moradores ilustres e de ruas do bairro. O exemplo que merece destaque é a homenagem feita ao escritor e secretário de Cultura do estado, Ariano Suassuna. Com o nome do secretário, tem no restaurante, uma charque desfiada.

A charque desfiada Ariano Suassuna, integrante do rol das comidas regionais da casa, é refogada na manteiga com cebola e acompanha por farofa de jerimum, feijão verde, arroz e manteiga de garrafa, para quem quiser acrescentar mais tempero ao prato. "Quisemos fazer uma deferência a Ariano Suassuna, morador da rua do Chacon em Casa Forte', justificou Holanda. O prato individual custa R$ 14,40.

Foi com o mesmo objetivo que o proprietário do restaurante Don João, (no bairro do Recife) João Augusto Alves Pereira, batizou um prato de crustáceo para lembrar um dos mais conhecidos donos de restaurantes do Recife, Amadeu Dias, falecido há três anos.

"Ele era um gourmet e foi um homem muito querido na cidade e com quem aprendi tudo que sei sobre o meu trabalho", disse Alves Pereira, que foi garçom de um dos restaurantes do empresário. Desta homenagem resultou o camarão Amadeu Dias. O crustáceo é flambado na champanhe e gratinado com molho bechamel rosado e queijo catupiry. É acompanhado por arroz de passas ao vinho. O preço é R$ 21,50 e dá para duas pessoas. "Todos os amigos de Amadeu Dias costumam pedir o prato para se lembrar dele".

Mas nem só de nomes pernambucanos ou pessoas que moraram e ficaram conhecidas no Recife fazem os títulos de algumas comidas oferecidas pelos restaurante da cidasde.No restaurante Leite, uma das melhores pedidas é também um camarão. Desta vez, à Marta Rocha.

O prato, que não é exclusividade da casa (é oferecido em vários restaurantes do país) é feito com camarões flambado na vodka com cubos de tomates sem pele. Leva ainda molho de tomate, creme de leite, sendo gratinado com queijo catupiry. O acompanhamento é composto por arroz que já vem misturado ao molho de mostarda e também, gratinado com queijo catupiry. Custa R$ 22,00, para uma pessoa.

"Não há nenhuma intenção de fazer marketing em cima dos nomes das pessoas, apenas damos um destaque ao cardápio com o nome de personalidades que freqüenta ou já passou pelo nossa casa', explicou o proprietário do Leite, Armênio Dias.

SERVIÇO

Freguesia do Poço (268 53 28)
Avenida 17 de Agosto, 1761 - Casa Forte
Funciona diariamente a partir das 11h30
Sugestão: charque desfiada Ariano Suassuna (preço individual R$ 14,40)
Tem estacionamento aceita todos os cartões
Leite (2247977)
Praça Joaquim Nabuco, 147 - Santo Antônio
Funciona diariamente somente para almoço, a partir das 11h
Sugestão: camarão à Marta Rocha (22,00, para uma pessoa)
Aceita todos os cartões e conta com serviço de manobristas
Dom João (224 2661)
Rua do Apolo, 134 - defronte ao teatro Apolo, no Bairro do Recife
Funciona diariamente de 11h30 às 16h e terça-feira a sábado, a partir das 19h até o último cliente
Sugestão: camarão a Amadeu Dias (R$ 21,50 para duas pessoas)
Aceita os cartões american express, visa e sollo.

Fale conosco diario@dpnet.com.br

MAPA BRASIL ECONOMIA ESPORTES HISTÓRIA HUMOR
INFORMÁTICA INTERIOR MUNDO VEÍCULOS VIAGEM VIDA URBANA VIVER